Vale a pena fazer seguro de celular

10 atitudes para deixar o trânsito mais seguro
17 de maio de 2017

Proteção nunca é demais. Pensando nisso que as pessoas asseguram seus bens como casa, carro e smartphones. Esse último item, inclusive, tem sido cada vez mais protegido pelos donos. Tanta precaução não é à toa. O Brasil é o segundo país com maior índice de roubo de celulares no mundo, ficando atrás só da Índia. Segundo dados de mercado, 25% dos brasileiros já tiveram um smartphone roubado.

Se você não faz parte desta estatística, muito provavelmente conhece alguém que faz. A decisão para fazer um seguro de celular depende do perfil e intenções de cada usuário.

Valor

No caso dos dispositivos móveis, o preço cobrado pela apólice anual gira em torno de 15% a 30% do valor do aparelho. Essa cifra, geralmente, pode ser parcelada e é calculada com base no valor de nota fiscal do aparelho, tempo de uso e data de compra.

Cobertura

Existem alguns tipos de indenização. Há cobertura contra roubo e furto: quando o aparelho é roubado ou subtraído sob ameaça direta ou após um arrombamento (exceto se o aparelho for deixado em veículo).

O smartphone também pode ser protegido contra danos físicos, em caso de acidente, incêndio, queda de raio, impacto de veículos ou danos na tentativa de roubo.

Há ainda o seguro oferecido para danos elétricos como, descargas elétricas, oscilações de energia e curtos circuitos.

Sinistro

Para reclamar a indenização, cada seguradora faz suas próprias exigências. Em todos os casos é necessário um boletim de ocorrência relatando o furto ou roubo e a nota fiscal do produto. Em alguns casos, a seguradora faz uma auditoria antes de liberar a indenização.

Algumas exigem ainda uma carta escrita de próprio punho descrevendo a situação na qual ocorreu o sinistro, e também pedem que o usuário entregue todos os acessórios como fone de ouvido, carregador e até mesmo a caixa do produto.

Proteção além do seguro

É importante ressaltar que, ao ter um celular roubado, existem mais coisas em jogo que o aparelho. Antes de acionar a seguradora, acione a operadora e solicite o bloqueio da linha evitando que terceiros façam ligação utilizando seus créditos ou conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.