Saiba como e quando acionar o seguro do seu carro

Coberturas seguro de vida
Coberturas pouco conhecidas do seguro de vida
5 de abril de 2017
Maio amarelo
Maio Amarelo chama a atenção para segurança no trânsito
3 de maio de 2017

Contar com o seguro do carro é ter uma garantia financeira para arcar com eventuais prejuízos causados por acidentes, roubos e furtos. Ninguém quer se envolver em um sinistro, mas se ele ocorrer não de desespere e saiba como agir. Confira abaixo o passo a passo do que fazer e quando é realmente recomendável acionar o seguro:

1º passo: registre um boletim de ocorrência

Em casos de colisão ou subtração do veículo (roubo ou furto) o primeiro passo é registrar a ocorrência junto ao órgão competente: polícia ou guarda de trânsito. Dependendo da cidade e da gravidade do acidente, se não houver feridos, isso não precisa ser feito no local da colisão, mas registrado na própria delegacia ou órgão de trânsito. O documento será necessário para acionar o seguro.

2º passo: veja a necessidade de acionar a seguradora

Em alguns casos não é necessário ou recomendável acionar o seguro. Isso porque, se os danos forem pequenos, a franquia para acionar o seguro pode ser mais cara do que pagar pelo reparo. Além disso, quanto mais tempo sem registrar um sinistro com a seguradora, maior o bônus de desconto na renovação do seguro. Outra situação em que não é necessário acionar o seguro é quando você não é o responsável pelo acidente. Neste caso, o seguro do responsável deve cobrir os danos do seu veículo. Se ele não possuir seguro e se comprometer a arcar com as despesas de forma particular também não é necessário acionar a seguradora.

3º passo: entre em contato com a seguradora

Se o dano for maior que a franquia, você foi o responsável pelo acidente ou a pessoa que o provocou não quiser arcar com as despesas, acione a sua seguradora. Se o dano for grande e/ou o carro precisar de reboque, prefira telefonar do que entrar em contato por e-mail, pois o atendimento costuma ser mais ágil desta maneira. Você encontra o número da central de atendimento no cartão do seu seguro. Tenha em mãos o número da apólice do seguro, dados pessoais, dados do condutor e esteja preparado para fornecer qualquer outra informação que a seguradora solicitar. Se possuir fotos, envie por e-mail.

Em caso de roubo ou furto

Assim como no caso de acidentes, registre o boletim de ocorrência com data e local do desaparecimento do carro. A seguradora tem até 30 dias para fazer o pagamento. Se o veículo for encontrado após a indenização, ele passará a pertencer à seguradora e não mais ao proprietário.

Colisão de carro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.